Translate

The Shining Code

Você já deve ter ouvido falar em pessoas que não acreditam que a Apolo 11 esteve realmente na Lua. Tem muita coisa a respeito pela internet. The Shining Code é um documentário que aborda  "O Iluminado" de Stanley Kubrick (inspirado no livro de Stephen King) sob uma forma muito peculiar: o filme seria na verdade uma "confissão" do diretor revelando que ele teria dirigido a chegada do Homem na Lua. Ou seja, que aquilo que foi visto na TV por um montão de gente (inclusive eu) não passou de um filme dirigido por ele, um embuste que a NASA teria enfiado goela abaixo de todo mundo. O documentário sustenta essa teoria  mostrando e explicando várias evidências ao longo da fita. É interessante. Eu gostei de ver... até porque meu lado cético não acredita muito nessa história do passeio lunar... ;)





4 comentários:

Vivi disse...

Pena o meu inglês ser péssimo. Queria ver...

Nina Victor disse...

É muito interessante, Vivi. Não sei se aquelas legendas automáticas do YT estão disponíveis para esse filme. De repente... Beijo!

Gilmar Doistempos disse...

Procurando o episodio 10 de Cosmos, "O limiar da eternidade", encontrei seu blog.

Voce tem umas escolhas interessantes, de certo vai te interessar o blog "Cinema secreto: cinegnose" e seus 40 e tantos filmes recomendados.

Sobre a farsa das imagens da ida do homem? Voces queriam o que? Negocio top secret, envolvendo varias tecnologias de ponta e parte do resultado final de todo esse empenho se espalha pra qualquer um colher?

Faz todo sentido a encenacao das imagens, mas foram feitas sem esmero.

Que o homem foi a Lua?
Sem duvidas.

---

Acho curioso como voce le depressa, gasto uma semana no que voce gasta 50 minutos, vai ver e' porque nao sei ler longe do dicionario e do browser.

Parabens por ser voce como e' e transparecer parte disso pro cosmos ;)


Nina Victor disse...

Olá Gilmar, agradeço a dica fui vistar e o Blog Cinegnose é muito interessante mesmo, vou acompanhar.

Ler é um hábito que eu tenho desde criança; talvez por isso eu leia relativamente rápido. Contudo, passar a usar o Kobo para fazer as leituras agilizou muito o processo. Não preciso mais parar para consultar o dicionário, já está tudo ali mesmo. Tive a maior resistência com os livros digitais. Agora não quero outra vida, viciei! ;)

Abraço!