Translate

Coiote, de Roberto Freire


O belo e perturbador Coiote desencadeia, como numa voragem, uma aventura de conseqüências imprevisíveis. Entre novos e revolucionários métodos de terapia corporal e utópicas formas de vida comunitária anarquista, entre a hipocrisia das relações sociais e a violência dos mecanismos de repressão, desenvolve-se uma historia de amor – ora impossível, ora furioso, ora encantatório, porque vindo do futuro para se instalar e ficar no lugar do amor burguês.


Posso dizer, seguramente, que este é o livro da minha vida. Até hoje não li um livro que causasse tanto impacto, reflexões e mudanças em mim: no jeito de viver, de amar, de pensar. Depois deste livro, renasci, me encontrei, me tornei mais confiante, mais consciente de mim mesma e muito, mais muito mais feliz! :)

22 comentários:

fabriciokc disse...

é... quantas violências sofremos e as vezes somos até cúmplicess, inclusive contra nós..
bj

Nina Victor disse...

Sem dúvida.
Saber dizer "basta" é que são elas... muitas vezes, demoramos a aprender.
Beijo! :)

Marvin disse...

... se é que alguem vai ler o que vou escrever ...


mas o Segredo pra Felicidade de Milhões de Pessoas, pode estar numa simples reflexão de uma conversa que se passa na página 85 desse livro !

Nina Victor disse...

Hum... será que sua edição é a mesma que a minha?

Anônimo disse...

concordo, esse livro também mudou completamente o meu modo de agir e pensar.. sem contar que ele é apaixonante!

Nelsim Ned disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nina Victor disse...

Nelsim querido, com 16 anos, eu não teria vivido o bastante para dizer que uma obra é "o livro da minha vida". Pude constatar isto depois de várias e diversas leituras e muitos anos vividos... ahhaha

Marvin disse...

ola

achei no Google seu blog buscando a versão digital do livro , creio ser aki mesmo um lugar adequado de achar mesmo . quero tbm saber qual o sentido do livro conhecer a transformação , espero que alguem me ajude

marvinguerra@hotmail.com

Barbarella disse...

Adoro, li 3 vezes...e quero ler de novo..
Sem dúvidas é o livro da minha vida, e o Roberto Freire o autor da minha vida!! Li muitos livros dele e adoro!
Parabéns pelo blog!

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Oi, Nina!

Li Coiote há mais de 20 anos. Uma leitura impactante.

Estou lhe escrevendo para pedir um favor. Estou precisando de uma citação do livro para fazer uma homenagem e estou sem nenhum exemplar ao alcance da mão. :( Será que você poderia localizar e mandar pra mim (respondendo a esse comentário) aquele trecho em que se diz que as coisas que as pessoas têm a dizer são como as frutas: maduras se ditas na hora certa; verdes se ditas antes, podres se ditas depois?

Desde já muito grato,

Iza disse...

Li este livro (Coyote - ou seria diferente?) em algum ano dos 80. Lembro que foi um impacto. Se alguém tiver em pdf manda preu. Dei ele prá alguém.
Bjs

Iza disse...

Oi!

Si Fernandes disse...

Uau que lugar repleto é esse seu... Eu vivo atrás de pessoas que ja leram, esse livro. Eu o devorei em 1992, e certo, minha visão naquilo eu supunha ser o amor, tbm foi mudada
Beijos!

Isabella disse...

Nina Victor...depois de muito tempo de procura,encontrei o livro de Roberto Freire "coiote".Fui em busca desse livro para adiquirir uma certa liberdade de vida,mas estou com dificulade de entender,o raciocínio do autor se você pudesse me orientar ficaria grata....por favor me responde!!obg

Vanessa Fonte disse...

Bom, ganhei recentemente o livro o COIOTE no meu aniversário de 17 de uma amiga Coiota simplesmente me surpreende ele é muito bom, eu descobri outras formas de amar e passo agora a acreditar em coisas que nunca pensei em acreditar e posso dizer eu sou uma Coiote!

Anônimo disse...

Bom, ganhei recentemente o livro o COIOTE no meu aniversário de 17 de uma amiga Coiota simplesmente me surpreende ele é muito bom, eu descobri outras formas de amar e passo agora a acreditar em coisas que nunca pensei em acreditar e posso dizer eu sou uma Coiote!

Vanessa Fonte

Anônimo disse...

"Aliás, não gosto de fazer perguntas, só quando não tem jeito. É que as pessoas ou falam o que querem ou não adianta que falem. O que a gente tem dentro da gente eu sinto que é como frutas... se saem no ponto certo, estão maduras, gostosas... se saem antes disso, estão verdes, são ácidas, fazem mal... se passam do tempo, apodrecem, ninguém quer. Só o que me falam querendo e na hora certa é que eu dou valor, e só assim que eu acredito nelas." Pag.: 342. (Coiote- Roberto Freire)

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Grato, Anônimo. :)

Anônimo disse...

Hà alguêm que saiba onde encontrar este livro? Está esgotado em toda parte...

Eduardo Loureiro Jr. disse...

Tem na Estante Virtual:
http://www.estantevirtual.com.br/q/coiote-roberto-freire

Anônimo disse...

a cia de teatro stutifera navis de Aracaju,SE esta montando um espetáculo de teatro, baseado no livro o "coiote de roberto freire"
O espetáculo esta cada dia mais bonito, e consegui passa de maneira tão densa o sentimento transmitido no livro.

Walmir Oliveira disse...

Pois tenho orgulho de dizer que em março de 1986, aluguei 2 ônibus da OSASTUR e fui com mais 60 malucos para Visconde de Mauá. Como a maioria resolveu acampar em Maromba, descampamos o mato perto da cachoeira do escorrega e numa noite de lua cheia, ao descer para a vila de Maromba, uivamos para a lua. Tenho certeza que fomo a inspiração par esse livro. Tenho fotos e mais uns 60 doidos pra confirmar o fato, não só pela coincidência , mas também pelo modo de vida que levávamos.