Translate

Mine Vaganti (2010)



Embora eu não escreva no blog há tempos, eu continuo vendo filmes todos os dias. Por motivos particulares não tenho sentido vontade de escrever sobre o que vejo. Pois bem, Mine Vaganti (no original), Loose Cannons (em inglês) e O Primeiro Que Disse (em português) é o filme que me deu vontade de contar que assisti. A história é simples: filho de tradicional família napolitana, retorna dos estudos em Roma e resolve contar para os familiares que é gay. Eu não gosto muito de contar detalhes do enredo, na verdade prefiro falar o mínimo possível para não estragar a surpresa de quem for assistir. Então o que escrevi até agora não vai despertar o desejo de ninguém. Contudo, acredite-me, o filme vai muito além da escolha sexual do protagonista e das situações decorrentes disso. Ele fala de escolhas, da vida, dos medos, da coragem, dos preços que pagamos (ou não) para sermos felizes (ou não). Tem comédia, tem drama, leva à reflexão, emociona, diverte. Posso dizer seguramente que já faz parte dos filmes que não vou esquecer e que, de alguma forma, mexeu comigo. Coisas simples que a avó (foco nessa personagem) dizia ao seu neto como "não se importe se errar, pois só quem busca a felicidade é que comete enganos" ou "amores impossíveis não morrem jamais, só eles são eternos", enfim essas e outras podem parecer clichê e talvez sejam mesmo, mas a vida, o que é? Só posso dizer que estou feliz por ter visto esse filme e sentir que alguma coisa da essência dele se inseriu em mim.


4 comentários:

Patrícia Di Carlo disse...

Já estou procurando!! ;oD

Xêros, Dinda!

Nina Victor disse...

Acredito que você vá gostar, Paty. No final das contas é sobre a necessidade de não desistirmos da felicidade. Beijo! :)

Helio Jenné disse...

Bacana, Nina Victor! Fiquei interessado em ver o filme e gostei muito da trilha sonora. Adorei o post! Beijos.

Nina Victor disse...

Jenné, está passando na Tv a cabo. Fica de olho na programação. Beijo! :)